Choose your language: PT | EN

Ten Notes on How to Write on Architecture

1. Do not write about the architect, about stories, about times, about contexts, about ideas, about references, about comparisons… If you can do that, you will already be very close to what writing on architecture is.

2. Do not make introductions or presentations. Write about what you observe. Be objectively subjective.

3. Use short sentences, without connectors between them. Your task is to write. Understand the reader’s task.

4. Do not use any kind of proper noun. For example, the architect’s name, the work’s name, the place’s name…

5. Do not ever use adjectives of value. For example, light, heavy, fluctuating, sober, extraordinary…

6. Substantiate the adjectives. That is to say, describe it in such a way that the notion of the adjective becomes evident. When it is not possible, use merely spatial adjectives. For example: horizontal, vertical, perpendicular, symmetrical, posterior, inferior, trapezoidal, cubic…

7. Have the building and the project as the only references. Do not believe the architect. He also does not know what he says.

8. Describe the building as you were designing it. To describe a project is to write about lines, planes, volumes, measures, proportions, relations, placement… To describe a building is to write about its materials and its constructive methods.

9. Forget everything that has already been said or written about the work. Think beyond the cliché. To write on architecture is to contribute to the act of designing.

10. Finish writing without having written everything. In one paragraph you can write things of great value. Do not write novels, write short stories.


 

Dez Notas sobre como Escrever em Arquitetura

1. Não escreva sobre o arquiteto, sobre histórias, sobre datas, sobre contextos, sobre ideias, sobre referências, sobre comparações… Se você conseguir fazer isso você já estará muito próximo do que é escrever em arquitetura.

2. Não faça introduções ou apresentações. Escreva sobre o que você observa. Seja objetivamente subjetivo.

3. Use frases curtas, sem conectores entre elas. Sua tarefa é escrever. Entender é tarefa do leitor.

4. Não use nenhum tipo de nome próprio. Por exemplo, nome do arquiteto, nome da obra, nome do lugar…

5. Nunca use adjetivos de valor. Por exemplo, leve, pesado, flutuante, sóbrio, extraordinário…

6. Substantive os adjetivos. Ou seja, descreva de tal modo que a noção do adjetivo fique evidente. Quando não for possível, use adjetivos meramente espaciais. Por exemplo, horizontal, vertical, perpendicular, simétrico, posterior, inferior, trapezoidal, cúbico…

7. Tenha como únicas referências o edifício e seu projeto. Não creia no arquiteto. Ele também não sabe o que diz.

8. Descreva o edifício como se o estivesse projetando. Descrever um projeto é escrever sobre linhas, planos, volumes, medidas, proporções, relações, disposições… Descrever um edifício é escrever sobre seus materiais e seus métodos construtivos.

9. Esqueça tudo o que já foi dito e escrito sobre a obra. Pense além do clichê. Escrever em arquitetura é contribuir ao ato de projetar.

10. Termine de escrever sem haver escrito tudo. Em um parágrafo você pode escrever coisas de grande valor. Não escreva romances, escreva microcontos.

Via ArchDaily Brasil

Advertisements

6 thoughts on “Ten Notes on How to Write on Architecture

  1. #9 Is my favorite because designing is what we do. We use our own creativity to design what it is that we want so why not use our own creativity to write. Brilliant!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s